Governo e especialistas ampliam esforços para diagnosticar e tratar hepatites virais

A hepatite preocupa governo e especialistas por ser uma doença silenciosa, que leva anos para se manifestar e que atinge cerca de 4 milhões de brasileiros. Os esforços de conscientização aumentaram nas últimas semanas em função do Dia Mundial de Luta contra a doença, comemorado hoje.

No mundo inteiro, seriam dois bilhões de pessoas infectadas por algum dos tipos de vírus da doença, de acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde esta semana, um número muito maior que a estimativa global de infectados pelo vírus HIV, de 35 milhões de pessoas.

O principal grupo de risco no Brasil são homens que tomavam injeções de complexo vitamínico com seringas de vidro nas décadas de 70 e 80. As drogas injetáveis são responsáveis por menos de 10% das contaminações e as tatuagens, por 10% a 20%.

O Ministério da Saúde anunciou, na última semana, que a partir de agosto vai oferecer testes rápidos para detectar esses dois tipos da doençaOs resultados ficarão prontos em 30 minutos e precisam apenas de uma gota de sangue.

Se informe, previna-se! Procure uma unidade de saúde e faça o teste.

Confira a matéria na íntegra sobre Governo e especialistas ampliam esforços para diagnosticar e tratar hepatites virais

Saiba mais sobre hepatites virais


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s