Intoxicação por suposto xarope adulterado mata 16 pessoas no nordeste do Paquistão

xaropeAo menos 16 pessoas morreram intoxicadas no nordeste do Paquistão após fazer uso de um xarope supostamente adulterado, conforme informaram as autoridades de saúde locais. Em resposta, o governo local determinou o fechamento de três farmácias e de uma unidade de produção de remédios.

Os primeiros casos foram relatados na última sexta-feira (23/12) nos distritos de Gujranwala e Lahore – província de Punjab, segundo afirmou ao jornal local “The Express Tribune” o subcomissário de polícia de Gujranwala. No entanto, a maioria das mortes ocorreu no bairro pobre de Shahdra, onde muitas pessoas consomem o xarope como forma de ingerir uma droga, afirmou o chefe de polícia local, Atif Zulfiqar.

De acordo com as análises clínicas, todas as vítimas consumiram um xarope denominado “Dextromethorphan”, uma substância que também é encontrada no “Tyno”, o mesmo fármaco utilizado para o tratamento de tosse que no mês passado causou 19 mortes em Lahore. Conforme havia afirmado em novembro à polícia de Lahore, as vítimas tomavam o xarope para consumir o álcool presente em sua fórmula, uma vez que a venda e o uso de álcool são proibidos no Paquistão. Por isso, o consumo de maneira tão abusiva.

Até semana que vem,

Equipe CIEVS RIO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s