Epidemia de Gripe já atinge 47 Estados norte-americanos

Flu-Epidemic-Strikes-Millions-of-Americans-Already-Vaccinated-Against-the-FluUma epidemia de Gripe já se alastrou por 47 dos 50 Estados norte-americanos e matou mais de 20 crianças. Além disso, estimativas sugerem que 7,3% das mortes registradas no país, na semana passada, tenham sido provocadas pela doença ou por pneumonia, uma de suas principais complicações. De acordo com o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês), os únicos Estados em que ainda não há epidemia em curso são: Havaí, Califórnia e Mississippi.

A correria pela vacinação tem sido intensa, sobretudo em Nova York. Neste inverno, o registro de quase 20 mil casos no Estado levaram o governador Andrew Cuomo a decretar estado de emergência de saúde pública. Nesta semana, Cuomo afirmou que o total de contaminados – 19,1 mil pessoas – é quatro vezes maior que na temporada anterior. “Vivemos o pior período de Gripe desde 2009. A Influenza está se espalhando, com casos registrados em todos os 57 condados e em todos os 5 bairros da cidade de Nova York”.

Segundo o CDC, a influenza surgiu antes do período normal nos EUA, no final de novembro, e seu risco de contaminação continuará elevado por semanas. O vírus predominante neste ano é o H3N2, uma variante do tipo “A” que surgiu na China no final da década de 60. Todavia, cerca de 20% dos casos registrados até agora, no país, foram causados pelo vírus influenza B.

Medidas simples são recomendadas pelo CDC, como manter as pessoas sintomáticas em casa – desde que não necessite de hospitalização – até sua recuperação, lavar as mãos com frequência e se vacinar. “Se você está vacinado, tem 60% menos risco de pegar Gripe. Sabemos há muito tempo que a vacina contra a Gripe está longe de ser perfeita, mas é o melhor instrumento para a prevenção da doença”, afirmou Thomas Frieden, diretor do CDC.

Em Nova York, os estoques de vacinas das farmácias sofreram uma redução drástica nas últimas duas semanas. A expectativa do Departamento de Saúde nova-iorquino é a de normalização da oferta ainda nesta semana. Situação semelhante também foi observada nos Estados do Colorado e Michigan e na capital, Washington.

No Brasil, tem sido constante a procura pela vacina por pessoas com viagem marcada para os Estados Unidos. No entanto, o imunobiológico somente estará disponível na rede pública ao final do verão, quando uma nova vacina atualizada com as cepas virais circulantes entrará no circuito das campanhas anuais. Já quem busca a vacinação em clínicas privadas deverá observar o prazo de validade da mesma, bem como a conformidade da vacina com as cepas virais atualmente circulantes nos EUA. Em todo o caso, o Ministério da Saúde afirmou, em nota, que não há recomendação de cancelamento de viagem para o país.

Até semana que vem,

Equipe CIEVS RIO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s