China confirma 6ª morte por Vírus Influenza H7N9

1

Nesta sexta-feira (05/04), autoridades de saúde chinesas confirmaram a 6ª morte provocada pelo Vírus Influenza H7N9, causador da Gripe Aviária. No total, 14 pessoas foram afetadas ao longo da costa leste do país.

Os primeiros casos humanos foram confirmados no último domingo (31/03), três dias após o Ministério da Agricultura chinês anunciar que a cepa havia sido detectada em pombos vivos que estavam à venda no mercado de carnes de Huhuai, em Xangai, fato que motivou um abate em massa de aves na noite da última quinta-feira (04/04).

Na ocasião, a Comissão Nacional de Saúde e de Planejamento Familiar (NHFPC, sigla em inglês) da China confirmou três casos de infecção pela cepa viral envolvendo dois homens – um de 27 e outro de 87 anos que morreram no início de março – e uma mulher de 35 anos, que permanece internada em estado grave. Os casos foram detectados nas províncias de Jiangsu e de Zhejiang, em Xangai.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 400 pessoas que tiveram contato prévio com as vítimas estão sendo monitoradas. No entanto, o órgão ressaltou que não há indícios da transmissão sustentada do H7N9 entre pessoas. Conforme ressaltou a entidade, a China é um dos países mais vulneráveis a esta variação do vírus da Gripe, uma vez que seu território abriga a maior concentração de aves de criação do mundo e em muitas localidades os animais vivem em contato direto com a população.

ca-1

Em comunicado, a Comissão Nacional de Saúde e de Planejamento Familiar (NHFPC, sigla em inglês) da China informou que está mobilizando recursos em todo o país para combater a nova cepa viral e, que irá comunicar rapidamente à OMS acerca de novos detalhes a respeito do surto. Há alguns anos, o país é criticado por ter sido muito lento ao informar sobre surtos e suspeitas, encobrindo informações, como no caso da epidemia de Sars (Síndrome Respiratória Aguda Grave) em 2003, que matou cerca de um décimo das 08 mil pessoas infectadas em todo o mundo. É fundamental “manter comunicações regulares sobre o vírus e o trabalho preventivo de autoridades agrícolas e florestais em tempo hábil, e informar à OMS, Hong Kong, Taiwan e Macau e o mundo”, comprometeu-se a entidade.

Os vírus influenza A H7 são um grupo de vírus que normalmente circulam entre aves. A cepa viral H7N9 representa um subgrupo desse grupo maior do vírus H7. Embora alguns vírus H7 (H7N2, H7N3 e H7N7) tenham sido ocasionalmente encontrados em humanos, nenhuma infecção humana pelo vírus H7N9 havia sido registrada até os recentes casos na China.

No início de março, OMS já havia informado que a cepa viral H5N1, também causadora da Gripe Aviária, tinha ocasionado a morte de 360 pessoas no mundo, desde 2003 – ano em que foi detectada pela primeira vez. Sendo mais comum, até então o H5N1 foi transmitido aos humanos através do contato com aves infectadas. Porém, cientistas no mundo todo temem a ocorrência de uma possível mutação capaz de viabilizar a transmissão viral entre humanos, o que fatalmente resultaria em uma grave pandemia.

Gripe-das-aves[1]

Em virtude do atual surto, milhares de chineses não puderam oferecer aves domésticas a seus mortos na última quinta-feira (04/04), tradição comum no dia de finados local – o “Qingming”. Através de um comunicado divulgado pela emissora estatal, o diretor do Centro de Emergências da Saúde do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês) chinês, Feng Zijan, recomendou que os cidadãos adotassem precauções contra o vírus nos espaços públicos e não utilizassem aves em seus rituais para honrar os mortos. Neste ano, o “Qingming” – que em mandarim significa “pureza, paz e civilização” – foi comemorado durante três dias, sendo uma das datas mais festejadas no país.

Até semana que vem,

Equipe CIEVS RIO.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s